O aparador de aliança, também conhecido com anel aparador, é uma tradição que muito provavelmente fez parte da história da sua bisavó, avó ou mãe. Na época delas, era costume usar um anel, que podia ser o anel de noivado junto com a aliança.

Não há muita informação disponível sobre a história do aparador de aliança. Sabe-se que ele é parte de um costume cultivado nos Estados Unidos e na Europa, onde era comum que o marido presenteasse a esposa com um anel desses para marcar a passagem de uma data importante, como, por exemplo, a chegada do primeiro filho, o aniversário de casamento, as conquistas do casal, enfim, momentos especiais relacionados à história do casal.

Composição de aparador de aliança, anel solitário e aliança.
Foto: Pinterest. Composição de aparador de aliança, anel solitário e aliança.

Esquecida por algum tempo, a tradição de usar um aparador de aliança  voltou na primeira década dos anos 2000 como algo menos simbólico e mais estético e funcional. Hoje em dia, é usado por todas mulheres que gostam de usar aparadores de aliança com seus anéis prediletos, sejam eles uma jóia de família, um anel de noivado, uma aliança de casamento ou um anel que tenha significado especial.

Sendo assim, diferentes tipos de anéis, confeccionados de diferentes formas, podem assumir essa função. Do mesmo modo, cores e texturas também podem se alternar conforme a ocasião. Vale tudo, desde que a escolha do aparador de aliança harmonize com a sua aliança ou anel predileto, ganhando ainda mais destaque e beleza, e principalmente combine com o seu jeito.

 

Mix de aparadores de aliança com outros tipos de anéis conferem brilho e personalidade ao look.
Foto: Reprodução Mix de aparadores de aliança com outros tipos de anéis conferem brilho e personalidade ao look

Para que serve um aparador de aliança?

Como o nome já diz, o aparador de aliança serve para “aparar” (segurar) a aliança. Por isso, seu uso mais tradicional é na frente dela, de modo a impedir que caia do dedo.  Também pode-se usar 2 anéis aparadores de aliança, um na frente e outro atrás da aliança, fazendo um sanduíche, por exemplo. Ou, usar vários, se preferir. O importante é que sempre tenha um aparador na frente da aliança para protegê-la.

Outra situação em que é recomendado o uso do aparador de aliança é no inverno. Não é incomum que, nos dias de frio, os dedos fiquem “mais magros” e os anéis “mais largos”. E, aí, basta um descuido e lá se vai a semijoia.

Igualmente, os dedos podem ficar “mais enxutos” depois daquele regime e um aparador de aliança entra em cena para garantir que a aliança ou anel predileto não saia do lugar.

As jóias de família estão cada vez mais em alta e um anel herdado da mãe ou da avó pode ficar grande, mas diminuí-lo não é uma opção. Então, um aparador de aliança, bem ajustado,  impedirá que a joia saia do dedo.

Kate Middleton usa anel de safira com aparador de aliança de diamantes, além da aliança de casamento

Foto: Reprodução. Kate Middelton usa anel de safira com aparador de aliança de diamantes, além da aliança de casamento.

Como usar um aparador de aliança?

Não há uma regra específica para usar o aparador de aliança Quem determina qual modelo usar, quantos usar, qual cor, entre outras características, é o seu estilo pessoal. A coleção de aparadores de aliança da Estelle Semijoias transborda elegância e simplicidade. São vários modelos que sugerimos para que você brilhe cada vez mais.

Já que não há um “modo de usar” pré estabelecido, é possível misturar diferentes modelos, cores ou materiais, fazendo um mix and match da aliança com o aparador de aliança sem medo.

Quais anéis combinam com o aparador de aliança?

Certos tipos de anéis são bastante utilizados como aparadores. As combinações com zirconias e alianças mais lisas, sem muitos detalhes, por exemplo, formam um par excepcional. Versatilidade é a palavra-chave.

Abaixo, listamos quais são eles e inspirações de como usá-los com a sua aliança, seja ela de casamento, noivado ou namoro:

Anel solitário

Se usado como aparador de aliança, o solitário dá um charme especial para qualquer look, podendo, ainda, compor um trio com a aliança e outro aparador (uma meia-aliança, por exemplo).

Megan Markle segue a tradição, usando o solitário de diamantes como aparador da aliança.

Foto: Reprodução
Megan Markle segue a tradição, usando o solitário de diamantes
como 
aparador da aliança.

 

Anel liso ou fino

Usar um anel de face lisa ou fino, sem zirconias, também valoriza a aliança e faz o perfeito contraste com um delicado anel solitário. Mesmo um anel de formato diferenciado (ondulado ou trançado) ou com um discreto ponto de luz pode acrescentar movimento ao conjunto aliança mais aparador, tornando-o encantador.

 

Anel com zirconias

Dá para ousar usando aparador de aliança com zirconias e aliança? Dá sim. Ao escolher o aparador, deve-se tomar cuidado para que ele não apareça mais que a aliança. Sempre é bom lembrar: alianças tradicionais, com detalhes discretos, podem ter aparadores mais chamativos. Do mesmo modo, alianças mais vistosas merecem aparadores simples, que realcem a beleza do anel principal. Só precisa fazer sentido para você e seu modo de ser.

 

3 Dicas Práticas sobre Aparadores de Alianças para você acertar em cheio!

Aqui vão 3 dicas bônus e alguns exemplos práticos que vão ajudar você a fazer composições trés chic de aliança ou anel predileto e aparador.

1 - Harmonia

Quando falamos sobre harmonia, precisamos analisar o look como um todo. Então, a primeira coisa que você tem que fazer é escolher suas roupas de acordo com a ocasião

Lembre-se que anéis grandes ou os que possuem zirconias, não são, necessariamente, sinônimos de exagero. É possível escolher um anel mais exuberante e mesmo assim ficar bem elegante.

Uma dica especial é: escolha aparadores de aliança mais delicados e simples durante o dia e deixe os mais chamativos para a noite.

 

2 - Analize seu estilo

Existe uma variedade enorme de anéis, dos mais clássicos até os mais despojados, o que facilita a criação de combinações que tenham a ver com você, valorizando sua aliança e sua história.

Então, se você é clássica e discreta opte por usar alianças e aparadores com poucos detalhes e de espessura mais fina.

 

 3 - Tamanho das Mãos

Esse é um detalhe que deve ser levado em consideração e que faz toda a diferença. Em geral, a regra é simples e vale para todos os anéis, não só para alianças e aparadores: as mãos grandes combinam melhor com anéis grandes. Já as pequenas ficam bem com anéis finos, pequenos e delicados.

Se você possui mãos largas, prefira anéis largos e simétricos, como os quadrados. Já as mãos longas com dedos finos são mais valorizadas com anéis grossos e horizontais, pois eles ajudam a dar volume. Da mesma forma, se o seu caso é de mãos curtas, prefira as peças verticais que dão a impressão de dedos mais alongados.

Para ajudar você a encontrar seu tamanho de anel ideal siga nosso Guia de Tamanhos. Ele serve para todos os tipos de anel.

Se mesmo assim você continuar em dúvidas, sugerimos que use uma aneleira disponível em qualquer joalheria.

Considere, na escolha do tamanho, que o anel precisa passar pelas articulações do dedo, normalmente mais grossas. E também que, no calor, seu dedo tende a ficar mais inchado e no inverno mais fininho.

Boas compras!